Home / Os Jardins do Amor / Jardins do Amor – 9ª Parte

Jardins do Amor – 9ª Parte

Cumprir as Obrigações que Devemos a Allah Ta’ála e às Criaturas

Na era pré-islâmica, Ussmán bin Tal’ha era o guardião das chaves do Ka’bah. Ele abria o Ka’bah às segundas e quintas-feiras permitindo que as pessoas entrassem e fizessem Ibádat no seu interior.

Numa certa ocasião, antes de Hijrat (emigração à Madinah), enquanto as pessoas entravam no Ka’bah, Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) também quis entrar. Mas, Ussmán bin Tal’ha não permitiu a sua entrada e foi muito rude.

Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) tolerou o tratamento e disse: “Ó Ussmán! O dia está próximo em que verás as chaves do Ka’bah nas minhas mão e poderei dar a quem eu desejar.”

Ussmán respondeu: “Esse será um dia de desgraça para os Quraishitas.”

Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) respondeu: Não, será um dia de grande honra para os Quraishitas.”

Mais tarde, Allah Ta’ála ordenou a Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) e os Sahábah para emigrarem para Madinah Munawwarah.

No 7º ano após Hijrat, Ussmán bin Tal’ha partiu de Makkah para Madinah para declarar o seu Imán na presença de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam).

Um ano depois, na ocasião de Fath-e-Makkah (a conquista de Makkah), Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) ordenou a Ussmán bin Tal’ha para trazer as chaves do Ka’bah porque as chaves estavam ao cuidado da sua família.

Depois de ele trazer as chaves, Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) entrou no Ka’bah e ocupou-se no Ibádat. Sayyiduná Abbasse e Sayyiduná Alí (radhiyalláhu an’humá) tinham o desejo de serem escolhidos como guradiões da chave do Ka’bah.

Mas, enquanto Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) estava no Ka’bah, Allah Ta’ála revelou alguns versículos do Qur’án, instruindo ao Seu profeta a devolver a pertença de Ussmán bin Tal’ha e da sua família.(Durr-e-Manssúr 2/570) Allah Ta’ála disse: 

اِنَّ اللّٰهَ یَاۡمُرُکُمۡ اَنۡ تُؤَدُّوا الۡاَمٰنٰتِ اِلٰۤی اَهْلِهَا

Na verdade, Allah Ta’ála vos ordena a devolver a pertença aos seus donos. (Surah Nissá v.58)

Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) devolveu as chaves à Ussmán bin Tal’ha (radhiyalláhu an’hu) e disse que as chaves permaneceriam com a sua família. (Majmauz Zawáid #5707)

 Quando Ussmán bin Tal’ha (radhiyalláhu an’hu) estava a partir com as chaves, Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) o chamou de volta e disse: “Será que te lembras que te disse que verás a chave nas minhas mãos e poderei dar a quem eu quiser?” Ele respondeu: “Sim, eu me lembro desse dia.” (Tarikh Dimashq 38/377-378, Ibn Sa-d 17/05)

Devemos perceber que a palavra amánah (pertença) mencionada neste Áyat não se refere somente à algo guardado com a pessoa. Mas, inclui todo o tipo de responsabilidade que lhe foi conferida. Todos devem cumprir as suas responsabilidades para com Allah Ta’ála e as criaturas, seja o Imám do masjid ou o Muazzin, o governante ou o cidadão, o professor ou o aluno, o marido ou a esposa.

A maior responsabilidade que todos nós temos é o Dín.

 

Que Allah Ta’ála nos conceda a sorte de cumprir essa responsabilidade.

About admin

Check Also

Os Jardins do Amor – 28ª Parte

Ensinar a Criança sobre a Existência e o Poder de Allah Ta’ála A educação da …