Home / Artigos em Geral / Os Jardins do Amor – 5ª Parte

Os Jardins do Amor – 5ª Parte

As Belas Qualidades de Sayyidah Zainab bint Jahsh (radhiyalláhu an’há)

É bem sabido que o comportamento da pessoa reflete o que ela tem no coração. Se alguém tem no íntimo, o amor por Allah e Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam), ele obedecerá às ordens de Allah, seguirá o Sunnah e tratará as criaturas de Allah com gentileza. Por outro lado, se alguém tem no coração o amor por bens mundanos e pela fama, também poderemos observar o mesmo através da sua conduta e comportamento.
As esposas de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) foram escolhidas para serem suas esposas nesse mundo e no ákhirat devido a pureza dos seus corações.
Uma das esposas de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) era Zainab bint Jahsh (radhiyalláhu an’há). A pureza do coração e a ponderação no que diz respeito ao ghibah (calúnia) estão entre as qualidades salientes que ela possuía.

A Cautela de Sayyidah Zainab em Relação à Ghibah (calúnia)

Quando os hipócritas espalharam falsos rumores acerca de Sayyidah Aisha (radhiyalláhu an´há), Allah Ta’ála revelou dois rukús do Qur’án declarando a sua pureza. Antes que esses versos fossem revelados, Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) perguntou a Sayyidah Zainab (radhiyalláhu an’há) sobre a sua rival, isto é Sayyidah Áicha (radhiyalláhu an’há). Ela respondeu: “Eu não posso comentar sobre algo que os meus ouvidos não escutaram, nem meus olhos viram. Eu só enxergo tudo de bom em Aisha.” (Sahih Bukhári)

A Bondade de Sayyidah Zainab (radhiyalláhu an’há) para com os Pobres

Além da pureza do coração, Sayyidah Zainab (radhiyalláhu an’há) era muito generosa para com os pobres. Ela curtia peles de animais, vendia e toda a receita da venda era destinada aos pobres e necessitados.
Certa vez, Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) disse às suas esposas, “A minha esposa de longas mãos será a primeira a encontrar-me após a minha morte.” As esposas entenderam de como se tratasse da forma física, e começaram a medir as mãos. Assim, as mãos de Sayyidah Saudah (radhiyalláhu an’há) eram as mais longas. Mas quando Sayyidah Zainab (radhiyalláhu an’há) veio a falecer, elas perceberam que o significado da metáfora utilizada por Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) refería-se àquela que dava mais caridade. (Sahih Bukhári #1420)

O Seu Alto Nível de Pardah

Durante o hajj de Raçulullah (sallalláhi alaihi wassallam) ele disse às suas esposas: “Após o Hajj, permaneçam nas vossas casas (ou seja, não saiam das vossas casas sem motivo.)
Sayyiduna Abu Hurairah (radhiyalláhu an’hu) diz que: “Sayyidah Zainab e Sayyidah Saudah (radhiyalláhu an’humá) nunca deixaram as suas casas após assumirem a advertência de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) não deixaram as suas casas nem sequer para fazer o Hajj facultativo.” Elas costumavam dizer: “Nunca montamos algum meio de transporte depois de ouvir essas palavras de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam). (Musnad Ahmad #26751)

About admin

Check Also

Os Jardins do Amor – 6ª Parte

O Maior Favor de Allah Ta’ála Sayyiduna Ayyub (alaihis salám) era um profeta de Allah …