Home / Artigos em Geral / Os Jardins do Amor – 22ª Parte

Os Jardins do Amor – 22ª Parte

O Santo da Sua Época- Hazrat Bishr Háfi (Rahimahulláh)

Hazrat Bishr Háfi (rahimahulláh) foi um grande santo que passou. Certa vez, alguém perguntou-lhe: “Como conseguiste alcançar essa posição elevada de piedade?” Em resposta, Hazrat Bishr (rahimahulláh) contou o seguinte incidente:

“Eu inicialmente não era muito rigoroso na prática do Díne. Certo dia, enquanto caminhava, vi um pedaço de papel no chão. Quando observei, encontrei o nome de Allah Ta’ála escrito. Eu disse no meu íntimo: “Ó Allah! O Seu nome está deitado no chão.” De seguida, limpei o papel e coloquei-o no bolso com muito respeito. Naquele momento, eu possuía apenas dois dirhames. Comprei algum perfume com aquele valor, e apliquei o perfume sobre o pedaço de papel. Depois disso, fui à casa e coloquei o papel num lugar elevado com muito respeito. Naquela noite, escutei as seguintes palavras no sonho: “Ó Bishr! Assim como elevaste o Nosso nome, elevaremos o teu no mundo e no ákhirah!” (Kitábu Tawwábin – Ibn Qudámah, pág. 216, Tahzíbul Kamál pág.103/4)

Allah Ta’ála abençoou a Hazrat Bishr (rahimahulláh) com o tawfíq de mudar a sua vida devido a honra e respeito que ele demonstrou para com o nome d’Ele. Allah Ta’ála também o abençoou com a percepção correcta do Qur’án e Hadíce, ao ponto de entidades eminentes como Imám Ahmad bin Hambal (rahimahulláh) beneficiaram-se do seu conhecimento.

Com base neste incidente e muitos outros, os Ulamá explicam que respeitar as coisas que estão relacionadas com o Díne, como o Qur’án, o Hadíce, o Masjid, o Azán, os Ulamá, etc. é o meio de adquirir grandes bênçãos de Allah Ta’ála.

De seguida, passamos a citar mais um incidente da vida de Hazrat Bishr (rahimahulláh) através do qual podemos observar o grau de compreensão do Díne que ele possuía:

Abdur Rahmán At-Tabíb era um médico que cuidava de Imám Ahmad bin Hambal (rahimahulláh) e de Hazrat Bishr Háfi (rahimahulláh) quando os mesmos estivessem doentes. Numa certa ocasião, os dois santos, Bishr Háfi e Imám Ahmad bin Hambal (rahimahumalláh)  encontravam-se doentes. Quando o médico perguntava a Hazrat Bishr Háfi (rahimahulláh) como se sentia, ele primeiro louvava a Allah Ta’ála e depois explicava o que estava a sentir. Enquanto que, quando ele perguntava a  Imám Ahmad bin Hambal (rahimahulláh) como ele se sentia, o Imám respondia que estava bem. O médico decidiu perguntar ao Imám Ahmad (rahimahulláh) a razão porque ele não diz o que está a sentir, enquanto que Hazrat Bishr (rahimahulláh) dizia.

Ao perguntá-lo, o Imám pediu ao médico para perguntar à Hazrat Bishr Háfi (rahimahulláh) se ele havia escutado alguém dos antepassados piedosos mencionar algo sobre esta prática.

O médico foi ao encontro de Hazrat Bishr Háfi (rahimahulláh) e colocou a questão, ao que ele respondeu: “Azhar (rahimahulláh) narra que Ibnul Awn (rahimahulláh) escutou Ibn Sírin (rahimahulláh)  a dizer que: “Quando um servo louva a Allah Ta’ála antes de mencionar a sua dificuldade, a sua menção da dificuldade não será considerada como uma reclamação.” Depois, Bishr (rahimahulláh) disse: “Sempre que me perguntas como me sinto, e eu informo-te da minha dificuldade, eu desejo mostrar a minha fraqueza e o poder de Allah Ta’ála sobre mim.”

Após escutar a resposta, o médico foi ao encontro do Imám Ahmad bin Hambal (rahimahulláh)  e informou-lhe tudo o que Hazrat Bishr (rahimahulláh) havia dito. Daquele dia em diante, sempre que o médico perguntava a Imám Ahmad bin Hambal (rahimahulláh) como se sentia, ele primeiro louvava a Allah Ta’ála e depois explicava a sua situação. (Manáqib Imám Ahmad libnil Jowzí pág.245)

Podemos derivar as seguintes lições apartir deste incidente:

  1. Antes de pôr em prática alguma informação relacionada com o Díne, devemos sempre verificá-las através de Ulamá que estejam bem guiados.
  2. Mesmo que estejamos em dificuldade, devemos dizer Al-hamdulilláh mostrando gratidão à Allah Ta’ála pelos Seus imensos favores.
  3. Se dissermos Al-hamdulilláh antes de mencionar a nossa dificuldade, as nossas palavras não serão consideradas como uma reclamação.

Que Allah Ta’ála nos abençoe com a verdadeira compreensão do Díne e com a sorte de seguirmos os passos dos antepassados piedosos. Amín.

About admin2

Check Also

Método de pagar o Sadaqatul Fitr dos anos anteriores

Pergunta: Se uma pessoa não pagou o seu Sadaqatul Fitr por muitos anos, o que …