Home / Artigos em Geral / Feridas contraídas no caminho de Allah Ta’ala

Feridas contraídas no caminho de Allah Ta’ala

Hafss bin Khálid (rahimahullah) narra que uma pessoa idosa proveniente de Mawssil contou-lhe o seguinte:
Certa vez acompanhei Hazrat Zubair (radhiyallahu an’hu) numa das suas viagens. Durante a viagem, enquanto estávamos numa terra aberta e árida, Hazrat Zubair (radhiyallahu an’hu) necessitou de tomar um banho obrigatório. No entanto, ele me disse: “Cubra-me (com um pano para que eu possa efectuar o ghussl).” Por isso, eu o cubri e enquanto o cubria, reparei as cicatrizes na parte superior do seu corpo devido aos golpes das espadas. Eu disse: “Por Allah! Eu vi cicatrizes no seu corpo que nunca vi antes em mais alguém!” Hazrat Zubair (radhiyallahu an’hu) perguntou-me: “Você realmente as viu?” Quando respondi que tinha visto as cicatrizes, ele disse: “Por Allah! Saiba que não há cicatriz alguma no meu corpo excepto que a obti na companhia de Raçulullah (sallallahu alaihi wassallam) enquanto lutava no caminho de Allah Ta’ala contra os kuffár. (Tahzíb-ul-Kamál 9/321)

Urwah (rahimahullah) narra: Hazrat Zubair (radhiyallahu an’hu) contraíu três feridas graves no seu corpo ao ser golpeado pelas espadas. Uma encontravasse no seu ombro e (era tão grande que) eu conseguia penetrar os meus dedos nele (ou seja, no buraco que permanceu depois da ferida ter cicatrizada). Hazrat Zubair (radhiyallahu an’hu) contraíu duas dessas feridas no Dia de Badr e a outra no Dia de Yarmuk. (Siyar ‘A’lám min Nubalá 3/33)

About admin2

Check Also

Receber o título de ‘Assistente Especial’ de Raçulullah (sallallahu alaihi wassallam)

Na ocasião da batalha de Ahzáb, também conhecida por batalha de Khandaq (batalha das Trincheiras), …