AQÁID

O díne Islám, com todos os seus pilares, apoia-se sobre a fundação da fé e crenças correctas. Se as crenças de uma pessoa estão corrumpidas, mesmo que ele se esforce em fazer boas acções, ele não receberá as recompensas prometidas, pois suas crenças, que são a base de suas acções, estão corrumpidas.

Se as crenças de uma pessoa contradizem com as crenças fundamentais do Islám, ela nem sequer será considerada como um crente, mesmo que externamente pareça ser um crente e efectue os rituais do Islám com os muçulmanos.

Em relação a aquele cujas crenças são corrumpidas, Allah Ta’ala explica no Sagrado Qur’án:

مَثَلُ الَّذِیۡنَ کَفَرُوۡا بِرَبِّہِمۡ اَعۡمَالُہُمۡ کَرَمَادِۣ اشۡتَدَّتۡ بِہِ الرِّیۡحُ فِیۡ یَوۡمٍ عَاصِفٍ ؕ لَا یَقۡدِرُوۡنَ مِمَّا کَسَبُوۡا عَلٰی شَیۡءٍ ؕ

ذٰلِکَ ہُوَ الضَّلٰلُ الۡبَعِیۡدُ ﴿۱۸﴾

“As acções daqueles que rejeitam o seu Senhor são como cinzas sopradas pelo vento num dia tempestuoso. Eles não ganharão nada (como recompensas pelas boas acções) daquilo que lograram. Este é o ponto mais distante de se afastar do caminho certo.” (Surah Ibrahim, Áyah 18)

Num outro versículo do Qur’án Majíd,  Allah Ta’ala diz:

قُلۡ ہَلۡ نُنَبِّئُکُمۡ  بِالۡاَخۡسَرِیۡنَ اَعۡمَالًا ﴿۱۰۳﴾ؕ  اَلَّذِیۡنَ ضَلَّ سَعۡیُہُمۡ فِی الۡحَیٰوۃِ  الدُّنۡیَا وَ ہُمۡ یَحۡسَبُوۡنَ اَنَّہُمۡ یُحۡسِنُوۡنَ صُنۡعًا ﴿۱۰۴﴾  اُولٰٓئِکَ الَّذِیۡنَ کَفَرُوۡا بِاٰیٰتِ رَبِّہِمۡ وَ لِقَآئِہٖ فَحَبِطَتۡ اَعۡمَالُہُمۡ فَلَا نُقِیۡمُ لَہُمۡ یَوۡمَ الۡقِیٰمَۃِ  وَزۡنًا ﴿۱۰۵﴾  ذٰلِکَ جَزَآؤُہُمۡ جَہَنَّمُ بِمَا کَفَرُوۡا

 وَ اتَّخَذُوۡۤا اٰیٰتِیۡ وَ  رُسُلِیۡ  ہُزُوًا ﴿۱۰۶﴾
“Diga: Podemos informá-lo daqueles que são os maiores perdedores em relação as suas acções? (Eles são) aqueles cujos esforços foram desperdiçados nesta vida enquanto pensavam que estavam adquirindo o bem através das suas acções. Eles são aqueles que costumavam renegar os ayát (provas, versos do Qur’án Majíd e os sinais de Allah Ta’ala) do seu Senhor e o encontro com Ele (no além). Portanto, suas acções são em vão, e no Dia da Ressurreição, não atribuiremos nunhum peso a elas (pelas boas acções que eles fizeram no mundo). Esta será a recompensa deles – Jahannam – porque eles renegaram a fé e tomaram Meus sinais e Meus Mensageiros como objecto de brincadeira e zombaria.” (Surah Al-Kahf, Áyah 103-106)

Dos versículos acima, concluímos que sem Imán, a pessoa não será um crente.

Imán significa acreditar nos princípios fundamentais da fé, como a unicidade de Allah Ta’ala e acreditar em todos os Seus atributos, a finalidade da profecia de Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wasallam), a profecia de todos os Ambiyá (Alaihimus Salám), a existência dos anjos, a revelação de todas as escrituras divinas, a crença do taqdír (predestinação), a ocorrência do dia de Quiyámah, a vida após a morte, a existência de Jannah e Jahannam, etc.

Se alguém apenas efectua o saláh, paga o zakát, jejua no mês de Ramadhán, cumpre com o hajj, etc; mas ele não traz Imán nos princípios fundamentais da fé, ele não será considerado muçulmano. Portanto, é imperativo que se estude o Islám correctamente e se aprenda os princípios e crenças fundamentais do Islám, para que assim a pessoa torne-se num verdadeiro crente e adquira as recompensas prometidas através da prática de boas acções, assim como a proximidade de Allah Ta’ala.

 

Crenças sobre Allah Ta’ala

Crenças sobre o Ser e atributos de Allah Ta’ala

  1. Allah Ta’ala é a única divindade e somente Ele é digno de adoração.
  2. Antes da criação de todo o universo, tudo era inexistente excepto Allah Ta’ala. Allah Ta’ala criou tudo apartir do estado de não existência. Além de Allah Ta’ala, ninguém mais tem o poder de criar nenhuma criatura ou dar a vida e a morte.
  3. Allah Ta’ala não tem nenhum parceiro, esposa ou família. Ele não gerou ninguém (isto é, nenhum filho nasceu para Ele), nem Ele foi gerado (isto é, ele não nasceu de nenhum pai).
  4. Allah Ta’ala não depende de nenhuma criatura, e toda a criatura, a todo momento, é inteiramente dependente dEle para sua existência e continuidade.
  5. Allah Ta’ala está vivo. Ele existe desde a eternidade e permanecerá eternamente. Allah Ta’ala não tem nenhum início nem fim.
  6. Não existe nada que se assemelhe a Allah Ta’ala em Seu ser e atributos. Ele é completamente exclusivo em seu zát (ser) e sifát (atributos), e não existe nada que possa ser igual ou comparado a Allah Ta’ala. Por isso, Allah Ta’ala não tem cor ou formato, como é a condição da criação.
  7. Allah Ta’ala não está limitado ao espaço ou ao tempo. Pelo contrário, Ele é o Criador do espaço e do tempo.
  8. Allah Ta’ala é todo-poderoso e tem conhecimento de todas as coisas. Não existe nada oculto ao Seu conhecimento.
  9. Ele é livre de todas as imperfeições, fraquezas, limitações e defeitos. Ele é absolutamente perfeito em todas as suas qualidades. Allah Ta’ala é livre das qualidades da criação.
  10. Todas as qualidades de Allah Ta’ala estão com Ele desde a eternidade e permanecerão eternamente.
  11. Sempre que o Qur’án ou Hadith menciona alguma qualidade de Allah Ta’ala que a criação possui, por exemplo: Allah Ta’ala ouvindo, vendo, ficando satisfeito, ou Allah Ta’ala criando Hazrat Ádam (alaihis salám) com a Sua mão, etc; todas estas qualidades serão entendidas de acordo com a majestade de Allah Ta’ala , e não serão assemelhadas as qualidades da criatura de modo algum.
  12. Allah Ta’ala não dorme nem o sono o alcança. Allah Ta’ala não come, não bebe nem requer qualquer forma de sustento, como é a condição da criatura. Ele nunca se cansa em manter e sustentar o universo inteiro.
  13. Allah Ta’ala é reconhecido através dos Seus sinais na Sua criação. Ninguém pode ver Allah Ta’ala neste mundo, nem compreender toda a força, poder e conhecimento de Allah Ta’ala.

About admin

Check Also

As Boas Novas para quem Recita Durúd

عن عبد الرحمن بن عوف رضي الله عنه قال خرج رسول الله صلى الله عليه …