Home / Artigos em Geral / Os Jardins do Amor – 4ª Parte

Os Jardins do Amor – 4ª Parte

Os Ensinamentos do Islám

Durante a vida de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam), quando as pessoas começaram a abraçar o Islám em grande número, Aksam bin Saifí (rahimahulláh), o líder do clã de Tamím, ficou interessado em conhecer mais sobre o Islám. Assim, ele nomeou duas pessoas para viajar para Madina a fim de colher informações sobre Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) e a sua religião.

Os dois emissários vieram na presença de Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) e explicaram que foram enviados pelo seu líder com as seguintes questões: “Quem tu és e qual é a tua mensagem?”

Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) respondeu: “Eu sou Muhammad filho de Abdullah, e convido para o Islám” Depois disso, ele recitou o seguinte versículo do Qur’án cuja tradução é a seguinte: “Na verdade, Allah Ta’ála ordena a justiça, a prática do bem, o auxílio aos familiares e proíbe a obscenidade, o ilícito e a injustiça.” (Surah Nahl, v.90)

Quando os emissários ouviram o versículo, ficaram impressionados com a sua profunda mensagem, e pediram a Raçulullah (sallalláhu alaihi wassallam) que repetisse para que eles pudessem o memorizar.

No regresso, eles deram o relatório completo do encontro ao seu líder, e de seguida, recitaram o versículo que ouviram do profeta (sallalláhu alaihi wassallam).

Quando Aksam (rahimahulláh) escutou o versículo, ficou convicto na veracidade do islám e exclamou: “Sem dúvidas, este profeta convida as pessoas à prática de boas acções e proíbe a prática de  más acções. Devemos ser os primeiros a abraçar a sua religião.”

De seguida, o líder Aksam e o seu clã abraçaram o islám. (Issábah 1/188, Tafss[ir Ibnu Kassir 2/583)

Sayyiduna Abdullah bin Mas’úd (radhiyalláhu an’hu) disse que este versículo é o mais abrangente do Qur’án. (Tafssír Ibn Kassír 2/582)

Neste versículo, Allah Ta’ála ordena a prática de três coisas e proíbe outras três.

As três ordens são:

  1. Adl- Devemos ser justos, cumprindo os direitos que devemos à Allah Ta’ála e às criaturas.
  2. Ihsán- não nos devemos limitar à justiça, mas devemos ser bondosos fazendo mais do que o nosso dever.
  3. Devemos ser gentis com os nossos familiares, pois eles possuem esse direito sobre nós.

As três proibições são:

  1. Proibição do comportamento imoral.
  2. Proibição de cometer pecados em geral.
  3. Proibição de todas as formas de opressão.

About admin

Check Also

Os Jardins do Amor – 6ª Parte

O Maior Favor de Allah Ta’ála Sayyiduna Ayyub (alaihis salám) era um profeta de Allah …