Home / Artigos em Geral / Negócios ao Redor da Sepultura

Negócios ao Redor da Sepultura

Quando o cadáver é rebaixado para a sepultura, as mãos amorosas dos filhos e irmãos recebem o corpo do ente querido. As tábuas são colocadas firmemente uma ao lado da outra deixando uma cova escura e solitária sob elas. No entanto, ao redor da sepultura, o negócio continua como sempre.

Enquanto que a lição mais evidente da morte está bem clara em frente dos olhos, o carro mais recente no mercado, o câmbio do dólar, e outras conversas fúteis continuam entre as pessoas presentes.

Enquanto esperam o início do “Fátiha”, o tempo é passado em conversas desnecessárias.

Se carregar o janázah nos ombros e testemunhá-lo sendo colocado na sepultura, não nos faz lembrar da nossa “hora”, então o que nos fará lembrar daquele momento?

É relatado que Nabí (sallalláhu alaihi wassallam) disse: “Lembrem-se constantemente daquilo que rompe todos os prazeres; A MORTE.” A melhor lembrança da morte é o próprio cemitério, por isso, Nabí (sallalláhu alaihi wassallam) encorajou-nos a visitá-lo regularmente. Apesar deste Sunnat ser, infelizmente, pouco praticado, temos a oportunidade de visitar o cemitério quando participamos em algum funeral. No entanto, mesmo estas ocasiões de lembrança são disperdiçadas em conversas fúteis.

A condição do mensageiro da Alláh (sallalláhu alaihi wassallam) quando participava nalgum funeral está claramente descrita no seguinte Hadíce de Bará (radhiyalláhu an’hu). Ele diz: “Uma vez participamos num funeral com Raçululláh (sallalláhu alaihi wassallam). Quando lá chegamos, Raçululláh (sallalláhu alaihi wassallam) sentou-se ao lado da sepultura e chorou tão profundamente que o chão ficou molhado com as suas lágrimas. Então ele disse: Preparem-se para (a entrada) na sepultura.” (Targhíb)

Raçululláh (sallalláhu alaihi wassallam) também nos instruiu sobre o que devemos fazer quando presenciamos um janázah. Portanto, certa vez, ele disse aos Sahábah (radhiyalláhu an’hum), quando eles tinham acabado de enterrar uma pessoa: “Peçam perdão para o vosso irmão, e peçam a Alláh Ta’ála que o mantenha firme, porque, na verdade, neste momento ele será interrogado.”

Assim, as raras ocasiões em que visitamos o cemitério devem servir como lembrança da nossa própria morte. Estes momentos não devem ser desperdiçados em conversas mundanas. Em vez disso, o tempo deve ser ocupado na recitação do Qur’án com a intenção de passar a recompensa ao falecido.

Que Alláh nos faça lembrar a morte mais vezes, especialmente no cemitério. Ámeen

About admin

Check Also

Tafssír do Surah Qári’ah

بِسْمِ اللَّهِ الرَّحْمٰنِ الرَّحِيْمِ الْقَارِعَةُ ‎﴿١﴾‏ مَا الْقَارِعَةُ ‎﴿٢﴾‏ وَمَآ اَدْرٰىكَ مَا الْقَارِعَةُ ‎﴿٣﴾‏ يَوْمَ يَكُونُ النَّاسُ كَالْفَرَاشِ الْمَبْثُوثِ ‎﴿٤﴾‏ وَتَكُونُ الْجِبَالُ كَالْعِهْنِ …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *