Home / Artigos em Geral / Um Ansári Demoliu a sua Construção

Um Ansári Demoliu a sua Construção

Certa vez, Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam) estava a passar por uma rua de Madinah Munawwarah, quando viu uma construção com uma cúpula. Perguntou aos companheiros do que se tratava, ao que eles informaram que se tratava de uma nova construção levantada por um Ansári. Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam) manteve-se em silêncio.

Depois de um certo tempo, aquele Ansári que tinha levantado a tal construção encontrou-se com Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam) e saudou-o dizendo: “Assalamu Alaikum.” Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam) virou a sua face (em sinal de desagrado). Ele repetiu novamente a saudação, mas a reação manteve-se. Ao averiguar as possíveis causas do descontentamento, ele lembrou-se da passagem de Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam) pela sua nova construção e da pergunta efectuada na altura. Imediatamente dirigiu-se ao local e demoliu a construção, sem dizer nada a Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam).

Após algum tempo, Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam) passou novamente por aquele local e perguntou: “Onde está aquela construção com uma cúpula que vi da última vez que passei por cá?” Os Sahábah informaram-no que aquele Ansári a tinha demolido, pois aparentemente tinha sido a causa do descontentamento de Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam). Ele retorquiu: “Todas as novas construções (sem necessidade) são um peso para o seu construtor, excepto aquela que for absolutamente essencial.”

A forma de agir deste Sahábi mostra o verdadeiro amor e devoção. Os Sahábah (radhiyalláhu an’hum) não suportavam o desagrado de Raçulullah (Sallalláhu Alaihi Wa Sallam), e logo que pressentiam o mesmo devido a alguma acção feita por eles, imediatamente a abandonavam a todo custo.

About admin2

Check Also

Resposta ao chamamento de Raçulullah (sallallahu alaihi wassallam) após a Batalha de Uhud

Certa vez, Hazrat Áishah (radhiyallahu an’ha) falou com o seu sobrinho Urwah (rahimahullah) e disse: …